Nessa edição fiz uma resenha do quadrinho Graffiti 76% Quadrinhos número 17. Mesmo gostando bastante do trabalho do Guazzelli e do Liniers, a hq como um todo é muito interessante. Tem gente nova, velha, poesia, foto. Ruim que o gibi careça de uma distribuição à altura de sua importância para os quadrinhos nacionais.

Recebi também o terceiro número de Avenida, mas ficou para a edição seguinte.

Algumas imagens da revista. Dá pra comprar por aqui.